Busca Rápida

Gestão em Segurança

 

 Gestão em Segurança - Cenci Service

A experiência acumulada em nossos 33 anos de existência, mais de 2.000 produtos em linha, marcas próprias, fornecedores parceiros e várias empresas contando com nossos serviços, tornaram a Cenci referência pelo desenvolvimento do Sistema de Gestão em Segurança. Esse sistema é compatível com as Normas de Segurança do Trabalho, unindo legislação à qualidade de desempenho. Nossos clientes percebem os avanços no aumento da produtividade, satisfação geral de suas equipes e, como consequência, baixa de custos, ou seja, SEGURANÇA COM RESULTADO.



 
Neste contexto deve ser considerado que:
 

A eficácia do uso de um EPI (sigla para Equipamento de Proteção Individual) não depende apenas da boa
qualidade dele. É preciso um bom gerenciamento de um sistema de proteção individual. O sistema estará funcionando quando os funcionários estiverem utilizando um equipamento adequado para os riscos em que estão expostos, conscientizados da sua necessidade de uso, utilizando de forma correta e a empresa ter todo este sistema documentado.
Embora a elaboração de um sistema de gestão de EPI possa ser simples, o projeto e a documentação deste sistema são tão importantes quanto sua implementação para que se alcance o verdadeiro objetivo que é a prevenção de acidentes e doenças do trabalho.
 
Este sistema deve contemplar no mínimo os seguintes requisitos:

·        Compra do Equipamento de acordo com o risco e apropriado para cada função existente na empresa. A escolha do equipamento deve ser técnica e ter um enfoque no conforto que proporcionará ao trabalhador, afinal de contas o mesmo utilizará o equipamento durante toda ou pelo menos a maior parte de sua jornada de trabalho;
·        A entrega do equipamento deve ser registrada em ficha de EPI com a finalidade de documentar a data da entrega do EPI, o numero do certificado de aprovação, e as trocas do equipamento evidenciando esta periodicidade. Os deveres do trabalhador quanto aos EPIs devem ser esclarecidos;
·        Treinamento. O trabalhador deve ser treinado quanto aos riscos que estará exposto e quanto à forma correta de utilizar o EPI e conservação;
·        A sinalização da obrigatoriedade de uso também é importante para avisar quais EPIs são obrigatórios em cada setor;
·        Controle de EPI. Deverá ser feito controle se o trabalhador está utilizando o EPI regularmente e corretamente. A empresa deve cobrar o uso do equipamento, pois é sua obrigação torná-lo obrigatório conforme a NR-6. A higienização e a integridade do EPI em uso devem ser avaliadas para que se possam fazer as trocas sempre que necessário;
·        Avaliação do sistema. Periodicamente devem ser reavaliadas todas as etapas do sistema a fim de promover melhorias e avaliar se está alcançando seu objetivo.

      Por fim em uma analise aprofundada de todos os itens que envolvem a Saúde e Segurança do Trabalho, verifica-se a importância da Gestão em Segurança eficaz, obtendo-se benefícios em diversos artefatos. 

 
·      Terceirização
 
·      Logística
 
·      Estoque
 
·      Fichas de EPI’s
 
·      Entrega do material
 
 ·      Redução de acidentes
 
·      Higienização
 
·      Informações
 
·      Satisfação dos Colaboradores

 
 

Linhas de Produtos

 

Altura - Combate à Incêndio - Sinalização e Segurança - Eletricidade
Equipamentos Espeicias
Capacetes e Acessórios -
Proteção Facial, Ocular, Auditiva, Respiratória
Proteção Cabeça
Cremes de Proteção e Higienização
Luvas - Calçados
Proteção Mãos Pés
Roupas de Segurança - Complementos
Proteção Corpo
Uniformes Industriais, Comerciais e de Serviços
Proteção Corpo
Linha Postos de Combustíveis
Proteção Corpo
Organização e Controle para Redução de Passivos Trabalhistas
Gestão em Segurança

E-mail inválido